Se você sente que foi jogado fora…

Oi, sê bem-vindo. Espero que esse texto te ajude a ser melhor. Fique com Deus. Boa leitura. 💛


(Leia ao som de Everything Works Out In The End)

Ter paciência consigo mesmo talvez seja o primeiro passo. Eu sei, colocar essa leveza pra dentro da cabeça não é fácil. Você olha de um lado, ninguém. De outro, alguém apontando o dedo. Em cada direção algo que oprime, rejeita, condena. Mas, calma. A dor faz a gente procurar ferida até em realidades felizes. Nem tudo na vida, por mais que existam coisas horríveis, é ruim.

Lidar com rejeição não é fácil, você me diz. Eu concordo. Não sou a melhor pessoa do mundo para falar sobre as dores dos outros, nem tenho um coração phd em alteridade. Mas eu posso imaginar. Uma rejeição aqui, um tapete puxado ali e sua vida vai desmoronando aos poucos. Você chega até a fechar os olhos por medo dos escombros. Mas, calma. Respire um pouco. Nem tudo está para ruir.

Um primeiro passo talvez seja reconhecer que você não está sozinho. Alguém, em algum outro canto, sofre de coisa parecida. Eu sei, nenhum dos dois merecia essa sensação de exclusão. Mas, se olharem bem, a certeza de que o mundo não é cruel só com vocês ajuda a lidar com a barra.

Depois vem o exercício de ver ao redor de si quem te ama de verdade e segura sua mão. Seus pais, sua irmã, um amigo que seja de verdade e sustente tua cruz aos ombros. Encontrou? Sim? Não se preocupe se não. Às vezes um coração ferido precisar respeitar o próprio tempo para reconhecer-se amado.

Ao menos olhe ao seu redor. O sorriso da moça da limpeza no seu escritório, a cordialidade do caixa do supermercado, a alegria da senhora que trabalha na floricultura. Nessas pequenas coisas você pode observar que nem tudo é dor, que nem toda manhã é de segunda-feira. Melhor, que até as manhãs de segunda-feira podem ser boas.

Apenas aguente um pouco. Respire fundo e observe.

As pessoas podem ser nocivas para caramba, podem te jogar para baixo um tanto quase insuportável. Mas continuará existindo corações bons com os quais você poderá contar. Se não tiver um, aguente apenas um pouco. Vale a pena continuar tentando.

Júlio Hermann.


Se você quiser se inscrever na minha newsletter e receber as conteúdo exclusivos clique aqui. É de graça.

Abaixo, também você conhece meus três livros. Clica naquele que te interessar que você cai na Amazon para comprar com um desconto lindo.

Crédito da foto: aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.