Sua eterna falta de sentido

Oi, sê bem-vindo. Espero que esse texto te ajude a ser melhor. Fique com Deus. Boa leitura. 💛


(Leia ao som de Where I First Found You)

Encontrar um sentido para a vida é uma das coisas mais complicadas que existem. Okay, você pode discordar de mim, dizendo que possui o seu ideal claríssimo dentro da própria cabeça e que tudo está às claras quanto a você mesmo. Não duvido. Mas sou cético a achar que essa certeza se aplique a todo mundo.

Se fosse o caso, não haveria esse tanto degente infeliz.

Basta abrir qualquer uma das redes sociais por aí. Quantas frases tristes estão estampadas nas nossas telas? Ou, quantos sorrisos verdadeiros a gente vê sem a certeza de que, no lado de lá, ele existe tal qual se manifesta? Complicado, não? Mas não precisamos também nós sermos adeptos a uma ditadura da felicidade. Basta que saibamos sermos tristes e sermos felizes, cada qual na sua hora.

Eu digo que ter um sentido para a própria existência é algo complicado, porque não sabemos nem nos alegrarmos nem chorarmos como convém. Quem tem sua existência clara diante dos olhos raramente enfrenta esse problema. Nós, meros aprendizes, dia choramos sem motivo, dia nos alegramos pelo efêmero. Gastamos munição a toa. Aquele que sabe para onde está indo, raramente comete esse erro.

Ter um sentido para a própria existência é deixar de achar que precisamos ter um futuro feliz. Quando postergamos a alegria para um tempo que não tocamos com os dedos, nos iludimos. Óbvio que é preciso estar pleno lá na frente, quando a velhice chegar, mas será que seremos realmente inteiros se já não o formos agora? Será que o nosso sacrifício, nossas noites em claro, nossos estresses permanentes se converterão em plenitude num estalar de dedos? Provavelmente não…

E nisto gastamos o choro e o riso sempre de novo com o que desce pelo ralo da nossa existência. Paciência…

Eu não sei quanto ao que você quer, mas eu desejo que seu coração encontre um sentido o quanto antes. Peça que Deus te ajude nisso. A gente percebe que está indo no caminho errado quando chora, passa noites acordado, gasta todas as energias e permanece vazio. Com um ideal claro, com um sonho bem aberto diante dos olhos, a gente até passa por esses momentos complicados, mas se preenche com eles. Motivo? A alegria não está lá, está já aqui, em movimento conosco, apenas em direção à plenitude.

A vida só é uma droga quando nos entorpecemos de promessas e não vivemos; quando rasgamos o coração por um futuro que nunca chega.

Mas não deve ser assim. Ao menos não para você e eu, que ao menos tentamos caminhar para onde devemos ir pelo caminho do amor – ainda que este amor tantas vezes nos cobre noites mal dormidas.

Júlio Hermann.


Se você quiser se inscrever na minha newsletter e receber as conteúdo exclusivos clique aqui. É de graça.

Abaixo, também você conhece meus três livros. Clica naquele que te interessar que você cai na Amazon para comprar com um desconto lindo.

Crédito da foto: aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.