Coragem não é tudo o que te move

Oi, sê bem-vindo. Espero que esse texto te ajude a ser melhor. Fique com Deus. Boa leitura. 💛


(Leia ao som de Ran Away)

Coragem é um dos conceitos que mais precisamos ter cuidado na hora de estabelecermos na vida. Ela é aquele impulso extraordinário da vontade que nos coloca em movimento quando algo parece mais difícil do que podemos suportar. Para alguns ela aparece por receio de embarcar num avião e conhecer o mundo. Até se quer ir a lugares novos, mas o coração quase sai pela boca quando pensa na chance de acontecer um acidente… Para outros, por encarar qualquer decisão na vida que compreenda renúncias e movimentos. Deixar coisas para trás é difícil…

Em todo caso é lícito buscar coragem, mas somente quando unida à prudência.

O que eu mais vejo por aí são burradas sendo justificadas pela coragem. Você sabe que uma coisa é errada, conhece as consequências que um ato desordenado pode trazer e, ainda assim, comete o erro de arriscar. Para atravessar o oceano a nado, por exemplo, é fundamental coragem. Agora, fazer o movimento de, de fato, tentar é burrice ou virtude?

Nem precisamos pensar para responder. É óbvio.

A coragem só existe de fato à luz da virtude. Quer ver? No caso hipotético de você se apaixonar por alguém comprometido, é coragem abrir o coração ou se distanciar e lidar com os próprios sentimentos, em favor do bem do outro? É claro que o segundo caso. Se a opção fosse pelo primeiro, seria covardia. Seria você dizendo a si mesmo que não pode controlar as próprias sensações, que é refém delas, e o outro que lide com as consequências disso.

Perigoso, né?

Seja uma pessoa corajosa, sim. Não tenha medo. Mas limite essa coragem ao que é bom, belo e verdadeiro. Quantas pessoas com idade avançada contam a história de uma vida frustrada por que viveram adoidadamente? Não são poucas.

A medida é sempre a eternidade. É duro agora, mas importante para o futuro ou a salvação eterna? Bora! Causa um frio na barriga agora, mas não passa de uma alegria momentânea? Deixa para lá!

Você vai ser forte na vida não quando tiver qualquer coragem, mas quando conseguir passar pelas tempestades sem perder a paz. E chegar a essa maturidade depende muito do quando você é prudente, honesto e corajoso a ponto de dizer “sim” e “não” para si, de acordo com o bem.

Júlio Hermann.


Se você quiser se inscrever na minha newsletter e receber as conteúdo exclusivos clique aqui. É de graça.

Abaixo, também você conhece meus três livros. Clica naquele que te interessar que você cai na Amazon para comprar com um desconto lindo.

Crédito da foto: aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.