Eu precisava seguir meu caminho

(Leia este texto ao som de What If This Is All The Love You Ever Get?)

Não seria justo que eu pensasse em permanecer contigo diante de tudo o que precisava acontecer em nós. Eu já não tinha vida contigo por perto, porque meu coração se angustiava só de pensar em estar na tua presença. O tanto que eu te amei durante verões inteiros passou a ser uma pedra no meu sapato: eu queria ir a um lugar, você me puxava para outro. O contrário também era verdadeiro.

Passei a comprar mais remédios em uma tentativa de permanecer do teu lado mais uns meses. Eu estava mais preocupado contigo do que com a nossa saúde. Seria saudável permanecermos juntos depois do que aconteceu naquele dia? Seria justo que nós fingíssemos que nada aconteceu a agradecer um ao outro pelo que vivemos e seguir em frente com o coração leve?

Eu conversei com muitos amigos sobre ti naqueles dias. Uns me disseram que a hora já havia passado, que era preciso começar de novo em um novo lugar; outros se lamentaram por as coisas terem chegado a um estágio tão deplorável depois de termos sido tão felizes.

Escrevi sobre ti durante semanas seguidas, disfarçando o que estávamos sendo em outros rostos que não os nossos. Pura invenção da minha cabeça: talvez para escancarar o que eu não seria capaz de dizer, talvez para continuar me enganando mais uns dias.

Resolvi caminhar um pouco para a poeira abaixar e poder conversar sobre você na terapia da semana seguinte, mas não sabia exatamente se isso era justo. Me doía profundamente acordar contigo por perto, ainda ocupando um espaço que já não era teu em quem eu estava sendo. E, da mesma forma, eu remoía a ideia de habitar um lugar que já era meu em ti.

Faz parte – infelizmente.

Eu te amei por um tempo infinito que durará de outro modo contigo longe, mas já não valia a saúde da minha mente e do meu coração.

Você precisava seguir teu caminho. Eu o meu.

Que você fique bem.

Júlio Hermann


*Meu novo livro já está à venda em todo o Brasil. Se você gostou deste texto, tem grandes chances de se identificar com ele.

Até onde o amor alcança

[capa] Até onde o amor alcança - 02.indd

“UM DIA VAI SER AMOR A PONTO DE O CORAÇÃO NÃO PRECISAR CONVENCER O CÉREBRO DISSO.
ATÉ LÁ EU ARGUMENTO”.

PARA COMPRAR:

Amazon

Saraiva

Livraria Cultura

Créditos da foto: Ashutosh Sonwani

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.