Os amores que você perdeu

(Leia este texto ao som de Memories)

Você antecipou o fim porque achou que sofreria mais se a ruína viesse depois de vocês construírem uma história. Por que era mais confortável do que acreditar que ele poderia não pisar na bola, como você jurava que você mesma não faria. Por que você não queria sofrer tanto. Mas adiantou alguma coisa?

Seus olhos mentiram para o espelho dizendo que você tinha controle sobre o que acontecia do lado de dentro, onde o reflexo não alcançava. Ali você sabia que não havia nada para ver espelhado, virado pro lado oposto ao que o sentimento grita. Mas você abafou o som do pedido de socorro por um pouco de amor, porque amar nos nossos tempos é para os fracos.

Mesmo?

Você fingiu que não precisava se arrepender do que fez. Eu sei que às vezes nós queremos tanto seguir em frente que nossas orações todas são pelo que está por vir, a ponto de esquecermos de pedir piedade por nossos pecados. Mas, quem disse que assim as coisas se resolveriam? Você não conseguirá dar passos adiante se houver pontas soltas atrás.

Ele era bom, mas pra você não era hora. Ele te fazia feliz, mas você não tinha tempo para curtir o lado bom da vida com tantas coisas acontecendo no trabalho e nos estudos. Ele até tinha tomado uma parte do seu coração para si, mas você tinha pavor de se dar por inteiro.

E quantas vezes isso adiantou?
Quantos amores você deixou de viver por tragédias futuras?

O grande erro das nossas gerações é o medo tão grande de errar, a ponto de acabarmos ficando na estaca zero. Até o que é certo esquecemos de fazer. Até quem merece esquecemos de amar.

Mas a vida bate e isso passa. Sempre passa depois que deixamos de lado o medo de tropeçar para dar o primeiro passo.

O pavor de errar o caminho não pode evitar sua jornada.

Júlio Hermann


*Meu novo livro já está à venda em todo o Brasil. Se você gostou deste texto, tem grandes chances de se identificar com ele.

Até onde o amor alcança

[capa] Até onde o amor alcança - 02.indd

“UM DIA VAI SER AMOR A PONTO DE O CORAÇÃO NÃO PRECISAR CONVENCER O CÉREBRO DISSO.
ATÉ LÁ EU ARGUMENTO”.

PARA COMPRAR:

Amazon

Saraiva

Livraria Cultura

 

_

Crédito da foto: aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.