Os seus erros não definem quem você é

(Leia este texto ao som de Rescue Me)

As vezes em que você pisou na bola não definem quem você é. Nem quando acertou minas explosivas por engano. Menos ainda nos momentos em que não conseguiu segurar a fala e disse o que não devia.

Em cada vez que você não conseguiu se doar de chega por algo importante, você não deixou de ser suficiente. As batalhas que você não vence ou não chega a lutar não são um reflexo da garra que você tem.

Os dias em que pareceu que todos te olhavam torto ou te acusavam de algo que fugia do seu alcance, não foi culpa sua. E, ainda que tivesse sido, você não deveria carregar o peso do mundo sobre o ombros, porque não é a única pessoa no mundo a errar às vezes.

Nas noites em que você se sentiu impotente, porque o seu corpo não aguentou o tranco e se entregou ao cansaço quando ainda havia muito a ser feito, você merecia descansar. Você queria fazer mais, eu sei, mas não tinha como. E está tudo bem.

A ruína do mundo não é culpa sua. A sua ansiedade te sabota.
Mas a salvação pode ser.
Os seus erros serão insignificantes se o seu coração arder pelo desejo de não cair mais.

Nós vivemos em um tempo de apontamento de dedos. É uma cruz para cada erro alheio, outra imensa para nós mesmos quando nos olhamos no espelho e percebemos que fizemos qualquer mal. Mas a vida não é só isso.

Deus não cobra perfeição de você. Ele só espera sua luta.
Quando cair, se preocupe mais em levantar e menos em carregar uma culpa maior do que a que você tem. Escrúpulos são um veneno às nossas mentes fracas.

Nós andamos tão preocupados em ser melhores que os outros que esquecemos de os ajudar em suas quedas, na mesma medida em que esquecemos que também nós merecemos levantar quando pisamos na bola.

Todo mundo fracassa de vez em quando, ok? Mas ninguém é fracassado quando – ao menos – tenta seguir em frente sendo melhor do que se era.

E você cairá cada vez menos sempre que se colocar de pé outra vez.

Júlio Hermann


*Meu novo livro já está à venda em todo o Brasil. Se você gostou deste texto, tem grandes chances de se identificar com ele.

Até onde o amor alcança

[capa] Até onde o amor alcança - 02.indd

“UM DIA VAI SER AMOR A PONTO DE O CORAÇÃO NÃO PRECISAR CONVENCER O CÉREBRO DISSO.
ATÉ LÁ EU ARGUMENTO”.

PARA COMPRAR:

Amazon

Saraiva

Livraria Cultura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.