É justo que você se livre do que faz mal

(Leia este texto ao som de Use Somebody)

É justo que você fique um pouco sozinha e perceba que amar, às vezes, também é deixar ir.
Que convide os próprios monstros para uma conversa franca, numa tentativa de tirar o peso do mundo dos ombros e do coração.
Que fuja por algumas horas da realidade que te cerca.

O mundo é cruel e pressiona
aperta
machuca a gente.
Mas é passageiro.

É confuso, eu sei. A paz costuma habitar realidades semelhantes ao caos. Você coloca na  balança o que precisa ficar e o que precisa sair da sua vida. Mas nós nem sempre precisamos abrir mão das pessoas e sonhos que preenchem nossos corações e consomem quem somos para encontrar tranquilidade, sabia? Na maioria dos casos, a nossa luta deve ser por colocar cada coisa no seu lugar.

Quantas vezes nós sofremos por tentarmos encaixar pessoas em lugares que não eram delas nas nossas vidas?

Para que as coisas melhorem, é importante que você dialogue consigo mesma sobre o futuro.
Muitas vezes a gente gasta a cabeça e o coração projetando quem vai estar conosco lá na frente e acabamos esquecendo que nós precisaremos estar lá também. Por isso, é necessário que você se preserve da maldade que te cerca.

É importante que você lave a pele,
passe remédio nas feridas,
deixe a fratura exposta até cicatrizar.
A pessoa que você vai ser depende dos seus processos de cura interior de agora.

Mas, para se curar, você precisa trazer os problemas para a claridade.

É justo que você se mostre vulnerável.
Que chore, esperneie, mostre seu lado cru e humano para que outras pessoas enxerguem na sua dor um espelho e um grito de liberdade. Colocar para fora salva a gente de se engasgar com o que vem de dentro. E o mundo já bate demais do lado de fora, então, por que complicar?

O seu coração pode ser
a cura e a salvação
de um mundo que machuca pessoas e faz vítimas em todos os cantos.
Mas você vai precisar de amor para isso.

E é justo que você perceba que amar custa caro,
mas ainda assim sempre vale a pena no fim.

Júlio Hermann


*Meu novo livro já está à venda em todo o Brasil. Se você gostou deste texto, tem grandes chances de se identificar com ele.

Neste sábado, 9 de novembro, haverá lançamento dele e do Tudo que acontece aqui dentro em Salvador / Bahia. Clique aqui para saber mais.

Até onde o amor alcança

[capa] Até onde o amor alcança - 02.indd

“UM DIA VAI SER AMOR A PONTO DE O CORAÇÃO NÃO PRECISAR CONVENCER O CÉREBRO DISSO.
ATÉ LÁ EU ARGUMENTO”.

PARA COMPRAR:

Saraiva (com 35% de desconto)

Amazon

Livraria Cultura

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.