Você precisa aprender a dizer não

(Leia este texto ao som de Promise)

Eu espero que você não se sinta obrigada a dizer que sim se o seu coração acusar o contrário. Parece cruel – eu sei -, o peito dispara só de pensar na mudança repentina de vida que um não pode causar na gente, mas nossa saúde mental vale mais do que isso.

Dizer não não faz de nós monstros cruéis para os outros, sabia?

Nós já temos muitas algemas presas à nossos pulsos. As obrigações profissionais, os estudos, os relacionamentos, aquilo que nós esperamos de nós mesmos no futuro e nos cobramos demais ainda agora. Nem sempre nos permitimos ter a idade que temos, como se estivéssemos à beira da velhice e tudo estivesse perdido; como se a bomba-relógio que é nossas vidas estivesse prestes a ver o próprio cronômetro encerrar.

Se não for agora, quando vai ser? Calma, não precisamos pensar nisso vinte e quatro horas por dia.

Os vícios, os desejos cegos e os medos que travam nossas existência fazem nossos corações perderem a memória de que nós merecemos mais do que isso. Quanto tempo faz que não paramos alguns minutos em silêncio para viajar em nós mesmos? Quantos meses faz que a vida não fica quieta uma hora que seja ao nosso redor? Eis a casa do problema em nós.

Se o amor que você está vivendo mais te aprisiona do que te deixa livre para ser feliz, não há problema nenhum em admitir que as coisas não devem ser assim. Se o seu trabalho retira toda a sua sanidade mental, você não precisa se sentir egoísta por querer algo melhor para si.

Eu sei que dizer não para os outros requer uma maturidade cruel, mas nós podemos, ainda que doa. Várias vezes na vida nós caímos na burra ilusão de achar que todos os “sins” que dizemos aos outros são obras de caridade, mas eles podem ser justamente o contrário se não tomarmos cuidado.

O que eu quero te dizer é que você não precisa ceder às vontades de quem quer que seja se isso for remover a sua paz. Você merece calmaria, serenidade e uma saúde mental em pé para conseguir enfrentar os problemas da vida sem perder o sorriso no rosto. O amor virá em consequência.

Se o seu coração deseja mais, não há problema nenhum em dizer não para o mundo e lutar por dias melhores.

Vai por mim. Você merece muito mais do que pensa merecer.

Júlio Hermann

_

*Meu novo livro já está à venda em todo o Brasil. Esse texto é uma introdução a ele. Se você gostou, tem grandes chances de se identificar com o livro.

O lançamento oficial dele acontece no dia 6 de Abril, na Saraiva do Pátio Paulista (São Paulo/SP), a partir das 16h. Te espero lá com um abraço!

Até onde o amor alcança

[capa] Até onde o amor alcança - 02.indd

“UM DIA VAI SER AMOR A PONTO DE O CORAÇÃO NÃO PRECISAR CONVENCER O CÉREBRO DISSO.
ATÉ LÁ EU ARGUMENTO”.

PARA COMPRAR:

Saraiva (com 20% de desconto)

Amazon

Livraria Cultura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.